Informações sobre gastrite, causas, sintomas, prevenção e tratamento da gastrite, identificando problemas associados à gastrite.


Dieta para crianças com gastrite

A criança com gastrite, úlcera ou desconforto gástrico deve comer em intervalos regulares (a cada 3 horas) em pequenos volumes, estimulando-se a boa mastigação. Devendo-se evitar líquidos durante as refeições, tomando estes 1 hora após ou antes das refeições. Evitar alimentos gelados ou muito quentes, sempre cozinhando bem os alimentos (carnes, legumes e verduras). Observar a reação e tolerância em relação aos tipos e quantidades de alimentos recomendados abaixo.

Alimentos de melhor aceitação:
  • Leite desnatado, iogurte natural desnatado, coalhada, requeijão, queijo branco, ricota;
  • Verduras e legumes bem cozidos com escarola, espinafre, acelga, abobrinha, chuchu, cenoura, vagem beterraba, batata, mandioquinha, abóbora entre outros;
  • Leguminosas (utilizando somente o caldo): feijão, ervilha, grão de bico;
  • Carne de vaca magra, frango sem pele e peixe (em preparações grelhadas, cozidas ou assadas);
  • Óleos vegetais: milho, canola, girassol, soja, e margarina (em pequena quantidade);
  • Frutas não ácidas com maçã, pêra, mamão, banana maçã, laranja lima (que devem ser consumidas bem maduras e sem cascas ou sob a forma de sucos);
  • Pão francês, bisnaga, torrada, bolacha de água e sal, bolacha de maisena, biscoito Maria;
  • Temperos : sal cebola, alho, salsa e cebolinha (em quantidades moderadas);
  • Doces: gelatinas, pudins, sagu, flans, compota de frutas caseiras, bolo de frutas sem cobertura e/ou recheio;
  • Ovo pochê (feito na água em fervura) ou cozido;
  • Sopas: de lugumes, arroz, massas, semolina, (preparadas com carne sem gorduras).   
Alimentos a serem evitados:
  • Frituras em geral, pastéis, carnes à milanesa, empanados, ou massas folhadas;
  • Carnes (gordas) exemplos de porco, presuntos, salames, mortadelas, salsichas, toucinho, hambúrguer, enlatados;
  • Queijosgordurosos: mussarela, parmesão e outros; Òleos de origem animal, banha de porco, manteiga e maionese;
  • Doces concentrados com marmelada, goiabada, sorvetes, chantilly e outros;
  • Pães doces, salgados frescos, pães integrais e cereais;
  • Temperos picantes: pimenta, picles, vinagre, limão, coentro, cominho;
  • Enlatados (tomates, ervilha, milho - em conserva) Grãos como feijão, ervilha e lentilha;
  • Bebidas: Café, chocolates, refrigerantes, sucos concentrados, chás (mate ou preto);
  • Verduras cruas e legumes que fermentam (como por exempl couve, repolho, couve flor, pimentão, pepino, nabo, brócolis, rabanete, cebola, soja, alho, erva-doce);
  • Molhos como: catchup, mostarda, shoyo e molho inglês;
  • Oleaginosas: Amendoim, amêndoas, castanha do Pará e abacate
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL